Voltar lista
Traduzir:
23 novembro 2018

Queda do petróleo praticamente ‘zera’ subsídio ao diesel

Cenário reduz a necessidade de gastos com programa federal criado na greve dos caminhoneiros Por Nicola Pamplona | Folha de São Paulo A queda das cotações internacionais do petróleo praticamente eliminou a necessidade de subvenção ao diesel no país. Nessa quinta (22) o subsídio pago às produtoras e importadoras do combustível  foi, em média, de

Cenário reduz a necessidade de gastos com programa federal criado na greve dos caminhoneiros

Por Nicola Pamplona | Folha de São Paulo

A queda das cotações internacionais do petróleo praticamente eliminou a necessidade de subvenção ao diesel no país. Nessa quinta (22) o subsídio pago às produtoras e importadoras do combustível  foi, em média, de R$ 0,02 por litro e nessa sexta (23) será inda menor. O cenário reduz a necessidade de gastos federais com o programa e, para empresas do setor, facilita a adoção de um modelo de transição para encerrar o programa de subvenção criado para pro fim à greve dos caminhoneiros que paralisou o país no fim de Maio.

O programa garantiu subsídio de até R$ 0,30 por litro. O valor final é calculado sobre um preço de referência estipulado pela ANP ( Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis), que considera a cotação internacional e os custos de importação do combustível, simulando o valor de mercado do produto caso não houvesse tabelamento.

Continue lendo em https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/11/queda-do-petroleo-praticamente-zera-subsidio-ao-diesel.shtml 

foto : André Coelho| folhapress